O Portal de notícias da Região

Secretária de Educação de CG será encaminhada para Cia. Integrada da PM em Cabedelo

Secretária de Educação de CG será encaminhada para Cia. Integrada da PM em Cabedelo

A secretária de Educação da Prefeitura Municipal de Campina Grande, Iolanda Barbosa, que foi encaminhada para a Penitenciária Feminina do município na tarde desta quinta-feira (25), será transferida para 6ª Companhia Integrada de Polícia Militar (CIPM), em Cabedelo, Grande João Pessoa. A decisão foi do juiz substituto Vladimir José Nobre Carvalho, da Vara de Execuções Penais de Campina Grande.

A defesa requereu “cela especial”, pois a secretária possui Ensino Superior e o juiz acatou o pedido que foi enviado à Justiça Militar tendo em vista que na região do Agreste paraibano não há cela especial e Iolanda está na Penitenciária Feminina apenas isolada das outras detentas.

Iolanda se entregou à Polícia Federal nesta quinta-feira (25) após ser alvo de um mandado de prisão referente a um suposto esquema de fraude em licitações na merenda escolar na cidade investigado pela Controladoria Geral da União (CGU), pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela Polícia Federal.

O magistrado afirmou que caso não disponha de cela especial a determinação seria oficiar à Vara Militar em João Pessoa solicitando informações acerca da existência de cela especial em um dos batalhões deste Estado e da possibilidade de recolhimento da presa. O local escolhido foi a 6ª CIPM.

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Secretária de Educação de CG será encaminhada para Cia. Integrada da PM em Cabedelo

A secretária de Educação da Prefeitura Municipal de Campina Grande, Iolanda Barbosa, que foi encaminhada para a Penitenciária Feminina do município na tarde desta quinta-feira (25), será transferida para 6ª Companhia Integrada de Polícia Militar (CIPM), em Cabedelo, Grande João Pessoa. A decisão foi do juiz substituto Vladimir José Nobre Carvalho, da Vara de Execuções Penais de Campina Grande.

A defesa requereu “cela especial”, pois a secretária possui Ensino Superior e o juiz acatou o pedido que foi enviado à Justiça Militar tendo em vista que na região do Agreste paraibano não há cela especial e Iolanda está na Penitenciária Feminina apenas isolada das outras detentas.

Iolanda se entregou à Polícia Federal nesta quinta-feira (25) após ser alvo de um mandado de prisão referente a um suposto esquema de fraude em licitações na merenda escolar na cidade investigado pela Controladoria Geral da União (CGU), pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela Polícia Federal.

O magistrado afirmou que caso não disponha de cela especial a determinação seria oficiar à Vara Militar em João Pessoa solicitando informações acerca da existência de cela especial em um dos batalhões deste Estado e da possibilidade de recolhimento da presa. O local escolhido foi a 6ª CIPM.

Publicidade

Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )